terça-feira, 17 de maio de 2011

Resenha crítica: O Despertar de Uma Paixão

  
  Sabe aquele filme de romance que te faz chorar horrores e afagar as tristezas no chocolate? O filme O Despertar de Uma Paixão (2006) é típico deste gênero. Com a direção de John Curran e com a participação dos atores Edward Norton, Naomi Watts e Liev Schreiber é uma história dramática entre Kitty e Walter na décado de 20.
  Kitty era de uma família de classe baixa que, por pressão exercida pelos pais, decidiu casar-se. Walter era um médico bacteriologista de classe alta média, apaixonado desde a primeira vista por Kitty em uma festa.
  No início da história Walter se empenhava para agradar Kitty enquanto podia. Ele aprendeu a responder e a conversar com a sua esposa durante o casamento para agradá-la e até mesmo jogava cartas com ela. Coisa que ele detestava e ela amava. Porém Kitty não amava seu marido, o casamento deles era uma faixada e ele sabia. A comprovação deste fato vem a tona quando Walter flagra sua esposa com outro homem em Xangai. Ela amava seu amante, porém ele não estava disposto a largar tudo para divorciar-se e depois casar com Kitty. A situação que era considerada terrível caso houvesse um escândalo, principalmente por causa da traição.
  Walter, pensando em punir a esposa por causa do ato de infidelidade a obrigou a partir para uma vila chinesa contamida por um vírus. Ao contrário ameaçaria a fazer um escândalo. Enquanto Walter empenhava-se para descobrir o que causava as mortes naquela região, Kitty se deu conta do quanto era infeliz com seu marido e resolveu tentar reconquistar o coração do esposo, já muito rígido por causa de várias situações. Através de todas as barreiras vividas pelo casal, o significado daquela relação muda completamente, por apenas simples atos.
  O filme tem aspectos muito bons para serem realçados. Em primeiríssimo lugar, o cenário maravilhoso dos campos chineses que é impossível ignorar, em segundo lugar, o figurino super caprichado dos atores principais. Não pude não reparar que Kitty calçava um clássico dos anos 20 em várias cenas: o sapato oxford. Tantos detalhes que tecem a história linda, triste e apaixonante do casal. Afinal, o que é um bom e clássico filme de romance sem barreiras?
  Quem busca um filme com superação de obstáculos, com um amor crescente durante o enredo e de tirar o fôlego, O Despertar de Uma Paixão é perfeito para você. Seja para se emocionar, refletir ou até mesmo para idealizar aquele amor que você sente por alguém. A dica fica para as românticas de plantão que não perdem uma.

 

4 comentários:

Jéssica Moreira disse...

aaah , eu simplismente ameeei seu Blog, ele é peefeito, os posts são super legais, eu gostaria muito de fazer uma parceria com vooc, ( tomara que aceite ) bjoos !
http://caprichodeumagarota.blogspot.com/

Dani disse...

Ah que bom que gostou amor *-*' *-*' Fico muitíssimo feliz!
E aceito a parceria sim! Já até coloquei na aba "parcerias" e te respondi no chat.

beijocas (:

Revista disse...

Super legal o post.
Adorei
Beijos
Guga Fernandes
www.meuestilogugafernandes.com.br

Luisa Annunciato disse...

Dani, eu AMO esse filme.. TODA vez que assisto eu choro hahahah

adorei flor!
beijões